18-02-2019

Cemea Boa Vista abre rematrículas para 2019 a partir de segunda





O Cemea Boa Vista inicia, no dia 18 de fevereiro, as rematrículas para as atividades de 2019 ofertadas à comunidade. Até o dia 22 de fevereiro, os alunos que estiveram frequentes até o final do ano letivo de 2018, poderão se rematricular. Na semana de 25 de fevereiro a 01 de março, serão abertas as matrículas para novatos.

Keila Beatriz, diretora do Cemea Boa Vista informa as novidades: a Segunda Mix e o Treinamento em Corrida (rua). Ela explica que a segunda-feira, geralmente é um dia em que as pessoas ficam mais lentas, sem energia. “Resolvemos fazer uma atividade diferente, em que a professora dará uma carga de energia para as pessoas iniciarem a semana com mais disposição com a Segunda Mix”, diz.

Entre as modalidades e oficinas oferecidas, a diretora cita capoeira, violão, kung fu, artes, zumba, ballet, natação, cursos de inglês e cuidadores de idosos, dentre outros. “Não poderemos fazer matrículas e nem dar informações por telefone. Sugerimos que as pessoas venham até o Cemea para verificar quais horários são mais adequados e fazer as matrículas. São muitas modalidades e horários disponíveis”, comenta.

Keila lembra que tanta oferta de atividades gratuitas só é possível com o apoio da Semed e de grandes parceiros, como o Cebrac, a Pro R, os voluntários como os professores Mestre Zangado (capoeira), Anderson (judô), Kelly (E.V.A) e Michael (grupo de dança CQC).

Os documentos necessários para a rematrícula são carteirinha de 2018; atestado médico; declaração escolar de 2019 (para menores de 18 anos).

Para a matrícula, a partir do dia 25 de fevereiro, os documentos são cópia do RG e CPF ou certidão de nascimento; cópia do comprovante de endereço atualizado; declaração escolar de 2019 (para menores de 18 anos); atestado médico de 2019 (para todas as atividades esportivas, indicando que está apto); 2 fotos 3x4 recentes.

O local, é um centro educacional, esportivo e cultural, sob gestão da Secretaria Municipal de Educação, via Departamento de Educação Física Escolar (Defe) e atende, prioritariamente alunos do Tempo Integral da rede municipal. A secretária Silvana Elias, entende que estender as oficinas e aulas à comunidade é um ganho para o poder público, pois as pessoas entendem a importância de preservação dos equipamentos públicos, que contribuem na formação e desenvolvimento dos cidadãos.

Monica Cussi